Cabaço

3.7
(11)

“[…]Cabaço é uma honraria conquistada por todo cidadão que não tá ligado, que mete o pé pelas mãos, […], que compra gato por lebre, que se atrapalha todo, que só faz cagada, que só faz merda, não tá no… esquema, enfim: que é um cabaço”.

A definição trazida pelo dicionário informal¹, somente veio à minha cabeça quando estava escutando os comentários pós-jogo depois do empate com gosto de derrota no último domingo diante do Bahia; quando uma falta bizarra praticada dentro da área e completamente fora de qualquer lance de perigo foi praticada de forma ‘pensada’ por nosso lateral; mesmo que meu estômago já tivesse sido revirado e eu estivesse enraivecido disparando alguns impropérios para o ‘craque’ Colorado autor do lance digno do prêmio abacaxi 2020.

Segundo relato ouvido no rádio, a palavra que dá título ao presente texto foi proferida em mais de uma oportunidade dentro do vestiário colorado, indicando a ausência de maturidade/personalidade de parte do grupo após o sofrido empate que culminou por estragar o meu domingo de feriado e de vários colorados Rio Grande à fora.

No meu post anterior, fiz referência aos jogos que teríamos (Palmeiras, Bahia, Ceará e Goiás) e o quão importante seria mantermos a postura até então apresentada para nós mantermos na liderança, já que desta vez o Campeonato Brasileiro “após muitos anos de omissão, será finalmente encarado com seriedade e vontade de vencer”.

No entanto, após meio caminho, o que se viu – em mais uma frustração neste 2020 – foi a repetição de erros já vistos e revistos nos últimos anos, os quais nos impedem de alcançar a tão almejada taça de um título nacional.

O pênalti absurda e infantilmente cometido ficará guardado na minha memória como um dos lances mais toscos que eu já vi.

E dizer que hoje foi veiculada a notícia de havia interesse árabe no desastrado lateral, aceito pelo clube que detém o seu vínculo (Flamengo), não havendo concretização do negócio pois o SCI não manifestou concordância com a liberação do atleta.

É indispensável que atitudes de ‘Cabaço’ como essa não tornem a se repetir; caso contrário a perda da liderança, e até mesmo de uma posição no G4 será questão de tempo.

Mas atitudes de cabaço, pelo visto não estão sendo praticadas apenas dentro das 4 linhas. Digo isto, pois Rodrigo Caetano confirmou em entrevista, que o inter liberou Natanael para achar outro clube.

O custo do Natanael ao inter:
02/07/19 – 04/09/20
R$ 300 mil X 13 + 1(13⁰) + Férias
R$4,5 milhões

Mas você poderá achar que nenhuma das atitudes referidas ou que nenhum dos seus conhecidos é de fato Cabaço … Bom, neste caso eu devo lhe repetir o que diz no dicionário mencionado no início do texto:

“Caso você seja uma daquelas pessoas que não sabe o que é a palavra cabaço ou não sabia até poucos dias, então muito provavelmente você também é um CABAÇO, e não vai ser aqui que você vai aprender o significado disso.

Todo mundo tem um amigo cabaço, se você não tem, o cabaço pode ser você!!”

Mudando de assunto, parece que Sarrafiore, que vai para o Coritiba, e Potker (finalmente!!!), com rumo à Turquia, estão de saída.

Para finalizar, com o SBT na transmissão da LA tô curioso pra saber quem ficará à cargo da transmissão dos jogos … Tô apostando no Portioli com os comentários do Marquito e do Ivo Holanda. Mas, deixando o tom jocoso de lado, tô feliz que o monopólio da Globo está sendo, finalmente, quebrado.

PS. Apenas espero que Sóbis não jogue com aquela vontade na 5ª feira, que NUNCA foi mostrada nesta última passagem enquanto ele vestia vermelho.

¹https://www.dicionarioinformal.com.br/amigo%20caba%C3%A7o/

How useful was this post?

Click on a star to rate it!

As you found this post useful...

Follow us on social media!

Author: Régis Martins

Share This Post On