We need YOU! | BLOG VERMELHO : Sport Club Internacional

We need YOU!

0
(0)

 

O jogo contra o Goiás domingo é muito importante. Tem aquele gosto de quase-final. Tem que ganhar, caso contrário, báibái Libertadores.

Sempre que tem jogo com essa merda de time, eu me lembro de 2006, quando na última rodada, o Goiás veio jogar contra o Inter no Bêra e meteu 4 x 1.

A goleada foi o de menos, pois nossa posição já estava inalterada, e estávamos de sangue doce no jogo (daí o placar) nos preparando para a viagem pro Japão.

Daí que mesmo com o time jogando em ritmo de treino, o Goiás veio com tudo prá brigar.

Literalmente.

Bateram o jogo inteiro. Bateram prá machucar. Coisa que não era comum daquele time.

Tanto que Fernandão, lá pelas tantas do jogo começou a cobrar alguns que conhecia e saiu de campo puto da cara com o que todo mundo estava vendo – mas não podia falar.

Menos, se não me engano, um médico do Inter. Não lembro se foi o Crescente, mas ele foi bem claro no microfone da rádio:

“Gostaria de saber qual incentivo extra o Goiás teve para vir aqui, num jogo que não valia nada, e sentar a porrada”.

Só não entende as meias palavras (ou palavras quase inteiras) quem não quer ou tem algo a esconder.

LÓÓÓÓÓÓÓÓÓGICO que a imprensa azul não deu sequência a história, não quis repercutir no seu lado, e a coisa ficou por aí. Lauro Quadros uma vez deixou escapar num sala de redação, mas o Ruy logo tacou a mordaça nele. Eu ouvi isso.

O que ninguém lembra, é que apesar da tentativa quase frustrada do Goiás de machucar o maior número possível de jogadores do Inter antes da decisão do mundial no Japão, o único jogador que acabou machucado foi o Renteria.

Do jeito que muitos se BORRAVAM de medo do que o Saci aprontava por aquelas épocas, (reparem no cruzamento de três dedos a 2:14 no video) devem ter sentido o dever comprido, pois conseguiram tirar um talismã colorado da decisão no Japão. Renteria não viajou, e ninguém mais falou nisso.

Mal sabiam eles que haviam machucado o talismã errado….

Adriano Gabiru

…mas isso é outra história.

Aliás, como também é outra história a vingança do Renteria.

A história que eu não esqueço, portanto, é essa. Foda-se o Goiás. Que passe a eternidade na parte de baixo da tabela, ou que caia e nunca mais suba. Que lugar de time que aceita mala preta prá dar porrada é na Série Z.

Respiro.

Um assunto diferente agora é sobre o próprio BV.

Faz tempo que muita gente reclama por aqui que o Blog fica parado, que os textos não se renovam, que é sempre a mesma coisa.

Olha, parcialmente eu concordo. Analisando como comentarista e leitor, o texto do Valdivia ficou no ar o que?… uns 3 dias?…. Por melhor que o texto seja (e foi), cansa. A gente quer coisa nova. 1 texto por dia, no mínimo. O BV historicamente foi assim, e ultimamente diminuiu a intensidade.

Agora analisando como colunista, não tá fácil. Nós pensamos exatamente do mesmo jeito, pois todos somos leitores e comentaristas também.

Mas faz 5 anos que o Inter só nos larga melancia prá escrever. Nos primeiros anos, era fácil e o material era farto. Mas era um azedume. Só que pelo menos o blog movimentava. Muita crítica – ou cornetagem – para muitos. Nesse ponto até tenho saudades do Luigi… adorava escrever aqueles comentários “Da sala da presidência”, e aqueles diálogos inteligentíssimos deles com o Marcelo Surfista Prateado. U-hu!

Mas de uns 2 anos prá cá, e principalmente esse ano, tá um marasmo…. Só posso dizer que a culpa não é nossa! Falta assunto mesmo! E nós não vamos nos rebaixar a ir perguntar prá jogador do Inter se eles jogariam no Gremio só prá criar notícia. Prá caçar clique.

Nós temos um padrão de qualidade.

Mesmo assim, o problema existe, e vai continuar por aí até que as coisas melhorem. Classificar prá Libertas ajuda. Foi o período mais movimentado do BV esse ano, mas se o Inter de 2016 for igual ao Inter de 2015=2014=2013=2012=2011, o segundo semestre vai ser igual, e as reclamações vão ser as mesmas.

Por isso, nós, os colunistas do BV, contamos com a ajuda de vocês, leitores e comentaristas. E quando diferencio um de outro é porque sei que tem muita gente que lê mas prefere não comentar. Só que o talento não tá obrigatoriamente associado a continha no disqus!

Se tu tem uma idéia legal, um texto legal, não precisa ser contemporâneo, mas sobre o Inter – direta ou indiretamente – escreve pro BV e manda o teu texto. Vamos avaliar, e se for legal, talvez não seja publicado imediatamente, mas teremos mais material prá publicar, além de variar um pouco a opinião.

Nós temos de vez em quando a colaboração do Flávio com textos sobre camisas antigas. O Davi comentou que tá com dificuldade de escrever ultimamente, mas nem a pau que a gente vai deixar ele sair, então quando der, ele escreve, mas aí está um espaço que pelo menos um dia alguém (ou mais de uma pessoa) pode ocupar por algumas semanas seguidas.

Esse pedido não é novidade. Desde a estréia do BV 2.0, o Louis abriu o blog prá quem quiser participar esporadicamente. Nada mudou. O pedido é o mesmo. Mas achamos que temos que relembrar com mais insistência. Ainda mais agora, chegando no fim do ano, com menos coisa acontecendo.

Então, o BV conta com tua ajuda prá se manter dinâmico, aberto e continuar sendo o melhor blog sobre o Inter pelas bandas da Internet.

Valeu!

ps. Antes que alguém pergunte qual tecnologia do ano 2030 eu usei para o make-over do Tio Sam (caso ninguém tenha reparado, eu mudei a cor do casaco dele de azul para vermelho…. eu sei, não dá prá notar…. só um especialista prá detectar a montagem….)…. o programa se chama …..

…Paintbrush.

Essa é prá ti, André Flores!

 

How useful was this post?

Click on a star to rate it!

As you found this post useful...

Follow us on social media!

Author: tiago - colorado no canada

Moro em Edmonton, Alberta, Canadá, desde 2006, chegando logo no fim da primeira fase da Liberta. Vi as finais pelo computador, naqueles sites cachorros que a imagem tranca e fica passando a conta-gotas, e o mundial pela TV - com muita neve na rua!

Share This Post On