COPA DIA 10 | BLOG VERMELHO : Sport Club Internacional

COPA DIA 10

Acordar as 5:30 da manhã prá ver esse Brasil jogar não é fácil. Até não achei tão ruim quanto o primeiro jogo. Contra a Suíça não jogamos nada até a Suiça empatar. Depois jogamos pouco.
Ontem foi um pouco melhor, num jogo difícil, mas ainda com falhas individuais que não me dão confiança no time como um todo.

Achei o Miranda burro fazendo duas faltas desnecessarias em momentos importantes e lugares perigosos. Falta inteligência prá muitos jogadores, e isso tá muito claro com a implementação do VAR. Chego lá daqui a pouco.

Alysson não sai do gol. Hoje mais uma bola alta na pequena area que ele ficou plantado. Thiago Silva tem que corrigir a grafia do nome dele e deixar se ser chorão – mesmo quando ele não chora ele tem cara de choro. Isso contamina.

William uma decepção pra mim pois gosto desse jogador. O tipo do cara que resolve no Chelsea, e estava jogando bem nos amistosos – que por sinal desta vez não foram contra times tão fracos.

Diego Costa melhorou o time, mais agudo, sem medo. Neymar um pouco melhor mas ainda longe da forma. Marcelo muito bem – sei que tem gente que não gostou dele no jogo, mas acho que os problems maiores estavam em outros jogadores.

O resto do time não compromete nem são gênios. Não achei que jogaram mal. Não tem como um time jogar bem contra uma parede até que o time consiga furar a parede. É sempre assim. E pelo menos tiveram paciência por quase todo o jogo até os 30 do segundo tempo o que é muito bom. A pouco tempo atrás, já tinham perdido a cabeça depois da primeira chance de gol no segundo tempo. Depois dos 30, entretanto, a água bate na bunda e com mais o excesso de cera sem punição da Costa Rica, nao tem como ter sangue de barata. Aí bate o desespero. E mesmo assim conseguiram concluir várias jogadas. Então mesmo no desespero tiveram qualidade pra criar e concluir. Seria mais injusto um empate do que foi no primeiro jogo.

E claro, depois do gol, ficou fácil jogar. Fluiu como teria fluído se tivessem feito um gol no primeiro tempo. É assim contra time retrancado. Quantas vezes vimos bons times do Inter bater, bater e bater e não sair do zero contra um Náutico da vida? E as vezes faz um gol aos 20, e a goleada vem ao natural. Tudo questão de oportunidade. Hoje eles criaram as oportunidades contra um time bem defendido e com o atual goleiro do Real Madrid.
Não é um saco de pancadas.

Mas o meu maior bode é com a FIFA.
Árbitros muito coniventes com cera e não estão punindo. Não adianta dar 5, 6 minutos de acréscimo porque o outro time vai CONTINUAR FAZENDO CERA, e árbitro nenhum adiciona além do que já adicionou. Tem que dar amarelo! Ou então obrigar o jogador a sair na maca e esperar pra entrar. Aí eles vão pensar duas vezes antes de cair. E se cair, é porque se machucou de verdade.

Mas a FIFA parece que quer tornar o jogo mais chato do que já está. Com todo o mistério do VAR, fica aquela dúvida sobre o que estão decidindo. Era prá ser uma solução prá tantos erros de arbitragem, mas estão transformando numa caixa preta e adicionando mais dúvida ainda sobre a idoneidade das partidas.

(Curioso que decisões erradas já beneficiaram a Suíça duas vezes. Sabem daonde é o presidente?) mas não vou seguir nessa linha. Ainda.

O Brasil tem que aprender a jogar com o VAR. Não é possivel que não entenderam que não adianta exagerar nas coisas. Só vai criar mais antipatia. Daqui a pouco alguém decepa a perna do Coutinho e não dão o penalty porque tão de saco cheio do Brasil simular. Por outro lado, faltou esperteza, inteligência, e orientação aos jogadores no lance do gol da Suíça. Na hora do empurrão, era prá ter sido um tsunami em cima do árbitro. Uma reclamação veemente faria ele levar a sério o lance. No entanto mal reclamaram, e só foram prá cima depois que o telão já tinha mostrado (indevidamente) o lance. Aí já era tarde. Jogadores tem que ser orientados a, no mínimo sinal de irregularidade que gere um gol, voar prá cima do juiz, que nem a Costa Rica fez ontem no lance do penalty. O juíz mal tinha assoprado e já tava até o motorista do ônibus deles em cima.

Outra coisa é tu ter uma Copa do Mundo onde, em teoria, deveria ser o ápice do futebol de qualidade, e a grande maioria das seleções se dispõe apenas a não perder, e tentar se classificar com três empates. Olha o que foi essa Costa Rica hoje, ou mesmo outros tantos times que já “desfilaram” pelos estádios nessa Copa? Que terror que é acompanhar um jogo onde um time não tem ambição nenhuma. Alguma coisa vai ter que mudar, pois a tendência é ficar pior ainda. Mudar o sistema de pontuação talvez, com mais pontos pela vitória, ou pontos extras pelo número de gols, sei lá. O futebol está muito defensivo, cada vez mais fácil destruir, porque no fim das contas, ganhar de 1 x 0 dá quase no mesmo que 5 x 4.

Por fim, prá fuder com a Copa do Mundo de vez, vamos ter mais times ainda prá deixar o torneio inflado de porcaria, de time retrancado, de 0 x 0 ou 1 x 0 sofrido. Imagina 48 times! Com 16 grupos, pelo menos metade vira grupo da morte…. morte da audiência! FIFA vai matar o torneio. Já disse aqui que a copa tinha que ter só 16 times. Só os melhores. Os 8 campeões (ou os últimos 8 quando houver mais), a sede, e os campeões (ou melhores) continentais. Mais umas vaguinhas distribuídas numa pré-copa (já que mataram com a Copa das Confederações mesmo), aí sim com esse bando de porcaria, e que se filtre as menos piores de todas. Taí a fórmula. Copa com 16 seleções, só as melhores mesmo, é garantia de jogão todos os jogos, estádio cheio e audiência de zilhões. E não um grupo formado por Iêmen, Jamaica e Timor do Leste. FIFA tá matando com o futebol.

Hoje vamos ver se esse México tem bala na agulha ou é só fogo de palha. Bélgica tem mais uma baba então não dá prá saber ainda se é tudo isso, e por fim quero ver o que essa Alemanha faz da vida contra o esse time aqui:

Prá quem tá no bolão, sigam o líder!

ps. No llores por mi, Argentina!!!!!

tiago - colorado no canada

Author: tiago - colorado no canada

Moro em Edmonton, Alberta, Canadá, desde 2006, chegando logo no fim da primeira fase da Liberta. Vi as finais pelo computador, naqueles sites cachorros que a imagem tranca e fica passando a conta-gotas, e o mundial pela TV - com muita neve na rua!

Share This Post On