A fórmula | BLOG VERMELHO : Sport Club Internacional

A fórmula

Recomendo a leitura (ou releitura) do texto da Amanda, desta semana, para compreensão do verdadeiro problema do Internacional. Mas, se não deu prá entender ainda, permitam-me continuar o assunto.

Bom, existem muitos problemas no Internacional. No campo, existem 11 problemas. Fora dele mais um monte. Mas o principal, o que gera todos os outros, está na direção. Ou melhor, no grupo que manda no Internacional. Que é dono o Internacional desde o começo do milênio.

O Inter virou um negócio prá esse “grupo” (estou sendo gentil com o termo por enquanto). No começo, o coloradismo fez com que o Inter deixasse de ser aquele time que se salvou do rebaixamento em Belém, para chegar até Yokohama. Só que no meio do caminho, entre uma cidade e outra, os donos na época viram que dava prá fazer uma grana, além de ver o time ser campeão de tudo.

E continuou-se aplicando esta formula. Só que a fórmula estava errada desde sua concepção. Ou melhor, desequilibrada. Enquanto por um lado ela continuava dando dinheiro, ela acabou não funcionando para os resultados. Não era “win-win” (dicas BV de inglês #343), saca? Dava dinheiro, mas as custas da qualidade do time, que obviamente afetava o resultado.

Foi feita uma correção? Não.

O que se tentou?

Vejamos:

  • trocar jogadores: não adianta. Quem manda de verdade é quem influi em quem fica, quem sai, quem joga… e no resultado.
  • trocar treinadores: não adianta. Quem manda de verdade é quem influi nas contratações… e na escalação… e no resultado.
  • trocar dirigentes no baixo escalão: não adianta. Quem manda de verdade é quem influi no resultado.
  • trocar dirigentes no alto escalão: não adianta. Pois quem manda de verdade continua mandando de verdade.

A “fórmula” está tão enraizada, que hoje em dia, no Internacional mesmo, formalmente, NINGUÉM MAIS MANDA NADA!!! Quem manda, nem mais lá dentro está!! Quem manda influi tanto, que consegue inclusive mandar na “oposição”! É mais ou menos como se um grupo fosse dono da Coca Cola e da Pepsi ao mesmo tempo!

Logo, como a fórmula continua dando dinheiro apesar dos resultados, não serão feitas outras correções, a não ser as que não dão em nada, como listado acima.

Por isso, não adianta achar que trocando Guto, Zago, Argel, Abel, Muricy, o treinador que seja, vai resolver a situação porque NÃO VAI! Treinador no Internacional é apenas um cargo burocrático. Não influencia em nada. Tem que OBEDECER quem tem que colocar na vitrine. É assim e continuará sendo assim até que os donos larguem o osso, ou A TORCIDA ARRANQUE O OSSO DA BOCA DELES COM DENTE, LÍNGUA E ESTÔMAGO.

Dá prá entender?

Não adianta trocar dirigente. Também são cargos burocráticos! São proxies! São figurantes!

E por último, claro, a mesma coisa vale para os “reforços”. Olha se não tá na cara que “reforço” é apenas uma expressão que quer dizer oportunidade de negócio? Olha o que foi esse Marcelo Cirino? Que veio prá cá anunciado como “reforço”, jogou uns 3 jogos, e já tá indo!!!! O Internacional é uma barriga de aluguél! E nem me venham dizer que isso é coisa nova! Lembram do Géferson na seleção? O que foi aquele aborto da natureza? O cara substituiu o Fabrício, jogou uns 3 jogos meia boca, e foi CONVOCADO!!! (pelo Dunga, por sinal).

Vamos mais longe, prá não dizer que os atuais donos inventaram a fórmula… lembram quando Nilmar foi convocado para a seleção? Em questão de dias ele estava sendo negociado.

Os mais antigos vão lembrar de uns dois anos seguidos que o Inter trazia um pacotão de jogadores do Matsubara? Eu lembro! Ali já estava a velha fórmula em execução, em suas versões iniciais!

Esse é o esquema gurizada! Dá prá entender? Não adianta achar que treinador novo vai mudar alguma coisa. Não vai. “Ah mas o Abel não aceita isso, treinador cascudo não entra na jogada”. Claro que não! E é por isso que eles não vem! Ou não são nem cogitados! Por que só temos “apostas”? Treinadores novos no mercado? Porque eles aceitam o esquema, cacete! Botam uma graninha no bolso, botam o nome “Internacional” no currículo da sua página na wikipedia, e segue o baile.

Não se MUDA nada de verdade! Lembram da célebre expressão “mudar não mudando”? É isso aí.

Prá finalizar, prá não dizer que eu só meti o pau e não dei soluções…. O Inter só vai deixar de ser sugado por esse alien maldito quando um grupo completamente desfiliado dos “donos” conseguir, por um cataclisma universal, vencer uma eleição e comandar o clube. E torçamos para que saibam o que estarão fazendo.

E para que não descubram a fórmula.

 

Facebook Comments
tiago - colorado no canada

Author: tiago - colorado no canada

Moro em Edmonton, Alberta, Canadá, desde 2006, chegando logo no fim da primeira fase da Liberta.
Vi as finais pelo computador, naqueles sites cachorros que a imagem tranca e fica passando a conta-gotas, e o mundial pela TV – com muita neve na rua!

Share This Post On