I could be mad, but… | BLOG VERMELHO : Sport Club Internacional

I could be mad, but…

E aí, amig@s colorad@s!

Como alguns devem ter percebido, preferi nem escrever depois da fatídica derrota na LA. Para quem tem boa memória, depois do jogo de ida escrevi: será natural se, na semana que vem, o Grêmio se classificar e o Inter ser eliminado.

Natural. Em parte, por que isso é futebol e por isso é muito bom. Mas em outra (boa) parte, pelos defeitos do time que, ao invés de diminuir, só aumentaram desde o primeiro GreNal pra cá.

Mas eu não queria vir aqui e dizer “Não falei?”. Desnecessário e, pra ser sincero, eu queria estar errado. Queria ir ver a final com o Louis, comemorar um tri-campeonato, ver o Inter no topo novamente. Ver Aguirre triunfar, calar minha boca e a de muitos, queria ver o André orgulhoso de fazer parte de uma direção vencedora. Queria tudo isso, mas não deu. Pelo menos, não ainda (mode “otimista” on!).

Mas ao invés de ficar remoendo, preferi focar noutras coisas. Não foi fácil. No sábado seguinte ao jogo, tive um péssimo jogo na liga amadora que participo aqui. Joguei mal, nosso time perdeu, enfim, um saco. Além disso, venho sentindo muito a saudade de minha esposa e filha nessa reta final aqui nos EUA. Não é fácil.

Já o Inter vai seguir seu caminho e agora só estou observando. Não há nada novo a dizer, então só posso aguardar, observar o que Aguirre e o time colocarão na mesa. Aguardar pra ver quem sai e quem fica. Aguardar e aguardar.

Enquanto isso, curto minha viagem curta à Chicago, a meca do Blues e Jazz. Que cidade, amig@s! Linda, organizada e musicalmente esplêndida. Para quem gosta de viajar e de música, fica a dica! Estou fazendo um “tour musical”, indo a um bar/show diferente a cada noite. Já foram duas noites, faltam mais quatro. Ontem tive meu ápice indo ao Buddy Guy’s Legends, o bar do Buddy Guy, onde ele em pessoa estava celebrando seu 79º aniversário. Privilégio! Olha aí:

Eu e essa lenda viva do Blues!

E, abaixo, uma compilação singela da primeira noite aqui:

A vida segue para todos nós, então curtamos ao máximo.

Abraço forte!

ps.: Ah, e não pensem que o dinheiro anda sobrando, pois não anda. Estou quase passando fome aqui para poder cumprir meu plano. Comprei passagem aérea em promoção, estou em albergue, apenas almoço e como um besteira antes do show e tomo dois copos de cerveja. Tudo regrado, mas pra mim o que importa é a experiência musical, não o luxo. 😉

Avatar

Author: Pablo Faria

Mais um torcedor colorado, mas goiano. Além disso, linguista como profissão e músico/cantor nas horas vagas.

Share This Post On