Voltamos a realidade? | BLOG VERMELHO : Sport Club Internacional

Voltamos a realidade?

Inter 2×3 Botafogo

Panorama do primeiro tempo

Panorama do primeiro tempo

Nos primeiros minutos da partida o Inter dominou a posse de bola. No primeiro ataque do Botafogo no jogo, Luis Ricardo driblou Geferson na lateral do campo e cruzou para Fernandes, que livre de marcação dentro da área, abriu o placar para o time carioca. Depois do gol sofrido, o Inter tentou sair para o ataque e empatar rapidamente, só que aos 15 minutos, depois de um escanteio, William perdeu a bola na lateral do campo e então o Botafogo armou o contra-ataque que ficou com 3 jogadores contra apenas um zagueiro do Inter, Neílton abriu 2 a 0, falha de posicionamento dos zagueiros e volantes que subiram para o ataque no escanteio e depois não conseguiram voltar a tempo.

No campo de defesa do Inter tem 3 atacantes do Botafogo contra apenas o Geferson.

No campo de defesa do Inter tem 3 atacantes do Botafogo contra apenas o Geferson.

Depois do segundo gol, o Botafogo se retrancou totalmente, e como já aconteceu em outras partidas na temporada, o Inter não conseguia penetrar na defesa adversária e com isso o time passou a fazer apenas uma jogada que foi os cruzamentos para a área, mas nenhum deles resultou em nada. No fim do primeiro tempo, após cometer falta, Fabinho levou cartão vermelho direto, de forma injusta, pois aquela falta era claramente para cartão amarelo.

No intervalo o Inter fez duas alterações: Marquinhos entrou no lugar de Andrigo e Alex entrou no lugar de Geferson.

No segundo tempo o Inter tentava pressionar o Botafogo, mas com um homem a menos o que vimos foi uma equipe totalmente descompactada, que deixava espaços enormes para o adversário avançar, em alguns momentos parecia até um time amador, tamanha a bagunça do time taticamente, foi incrível a quantidade de oportunidades que o Botafogo desperdiçou, em uma delas tinha 3 jogadores deles contra apenas o goleiro.

Veja que o último jogador do Inter é o Marquinhos, que na teoria deveria ser um dos mais adiantados, isso mostra a total desorganização do Inter no segundo tempo

Veja que o último jogador do Inter é o Marquinhos, que na teoria deveria ser um dos mais adiantados, isso mostra a falta de organização do Inter no segundo tempo

Aos 12 minutos de jogo Bruno Baio entrou no lugar de Sasha.

Com 25 minutos de partida, no único contra-ataque que o Inter teve no jogo, Sasha acertou um belo chute e diminuiu a vantagem, só que apenas um minuto depois, Camilo chutou de fora da área e ampliou de novo a vantagem do Botafogo, a essa altura o jogo estava 3 a 1, menos de 3 minutos depois, depois da cobrança de escanteio do Alex, Ernando fez o gol e colocou o Inter novamente no jogo. Nos minutos finais o Inter tentou atacar de qualquer jeito mas não deu resultado. Derrota para o Botafogo de 3 a 2.

Mais uma vez o Internacional jogou contra um time de baixo da tabela e mais uma vez não conseguiu sair com a vitória, no primeiro tempo o Inter tomou dois gols por causa de falhas de posicionamentos que poderiam ser evitados, e após a expulsão do Fabinho, o time começou a atacar e defender de qualquer jeito, e só não tomou mais que 3 gols pela falta de qualidade dos atacantes do Botafogo. E lá no ataque o Inter ficava tentando sua única jogada que todo mundo já sabe qual é, os cruzamentos, nessa partida conseguiram bater o recorde de cruzamentos num mesmo jogo, foram 47 cruzamentos.

Pelo jeito o Argel não irá mudar a forma de jogar do Inter, pois já estamos em junho e o nosso futebol não evoluiu muito desde janeiro, a última esperança é que Valdivia e Seijas entrem no time jogando muito para tentar salvar o ano do Inter, pois a perspectiva não é das melhores.

Avatar

Author: Nickolas Machado

Share This Post On