PORQUE ODAIR DEVE SAIR II | BLOG VERMELHO : Sport Club Internacional

PORQUE ODAIR DEVE SAIR II

Sim, retomo depois de duas partidas, com a repetição dos motivos da necessidade de Odair deixar o comando do Inter, antes que estrague tudo o que fez de bom em seu período.

Na quarta tivemos a repetição da covardia que se instalou nos jogos contra o Flamengo, independentemente da escalação. Ontem veio a confirmação dos erros cometidos. Primeiro, a oscilação entre Heitor e Zeca, tirando a confiança dos dois. Segundo, a entrada de Bruno Fuchs, que mostrou grande qualidade na saída de bola, exatamente o que faltou contra o Flamengo. Além de iniciativa.

O erro ficou um tanto mais evidente quando entrou Klaus, e cometeu o mesmo erro do primeiro gol contra o Flamengo, no gol anulado do Palmeiras. Exatamente a mesma jogada, a mesma tentativa de antecipação, e o mesmo resultado, felizmente anulado pelo VAR.

O Inter, ontem, até começou bem, jogando sem centroavante fixo, apostando na movimentação, exatamente como havia feito contra o Galo em Belo Horizonte, e inexplicavelmente não utilizado contra o Athletico, considerando que Guerrero e Sobis tem a mesma capacidade de movimentação.

Curioso é que, sem centroavante fixo na área, entre os zagueiros, acredito que o Inter tenha cruzado muito mais bolas para a área ontem, do que contra o Flamengo aqui, ou contra a Chape. É uma impressão, sem ter visto nenhuma estatística.

Depois que fez o gol, o time apresentou o mesmo defeito de sempre, o recuo e a falta de vontade de jogar. Levamos o gol muito em razão da letargia que Odair passa ao time quando faz gol, essa incansável mania de ficar olhando o que o outro time vai fazer.

A situação piorou quando Patrick passou a ser o homem mais avançado do Inter. Em vários momentos do segundo tempo, e um pouco do primeiro também, Patrick era o centroavante, e até gol de centroavante fez, um gol que o garantirá no time, apesar de evidente cansaço que o impede de recompor defensivamente, sua função.

Mas é Nonato quem é sacado do time, e, por um milagre operado por Lomba, o Palmeiras não faz o segundo gol no exato momento após a inexplicável substituição. Patrick é jogador ocasional, de lampejos, mas não é jogador que consiga manter um esquema defensivo, e Nonato é o dínamo que o meio precisa para se movimentar, tanto na frente como na defesa.

E quem entra, novamente, é o inútil do Wellington Silva, que, até o momento, nada fez de proveitoso ao time, senão uma tentativa de dribles e um chute que nunca acertou o gol. Confesso que senti um pouco de saudades do Parede.

Sobis saiu tarde, dando lugar a um centroavante de verdade, que não recebeu uma única bola como centroavante de verdade, e teve uma falta mal marcada no que seria, talvez, seu melhor lance.

Assim, Odair segue com os mesmos erros que todos apontam, com as mesmas preferências por jogadores que não dão resultado, sem conseguir enxergar o jogo, no que foi ajudado por seu clone mais velho, Mano Menezes.

Importante constar que Uendel errou um gol que não se erra, no momento que não se erra, e deveriam parar de reclamar de Nico, deixar ele tentar fazer o gol em vez de servir os companheiros.

Avatar

Author: Mauro loch

Share This Post On