PRÉ-JOGO: GreNAL! | BLOG VERMELHO : Sport Club Internacional

PRÉ-JOGO: GreNAL!

HOJE o colorado entra em campo no jogo mais importante e difícil do ano. Vai encarar um dos maiores clássicos do país no NOSSO estádio, na nossa fortaleza com mais de 40 mil vozes inquietas empurrando o COLORADO para mais uma vitória em GreNAL. Today, lógico, não é só pela questão de melhorar estatísticas, ou a efeito de tabela. Acima de tudo, temos que GANHAR DESSES MERDAS, DESCLASSIFICAR ELES. Estamos desde 2015 ouvindo cornetas pelas glórias deles e pelos 5×0, e está na hora de botarmos um basta nisso. Já dizia nosso capitão: “GreNAL não se joga. Se ganha!”

Vamos ao histórico. O GreNAL é um clássico já centenário. Em 1909, ano de fundação do nosso colorado, ocorreu a primeira batalha, com vitória gremista, no dia 18.07.1909. Placar de 10×0. Detalhe que o Internacional tinha pouco mais de 3 meses de “história”, e os azuis já estavam quase completando 6 anos. O Inter começou aquele jogo com: Poppe II, Portella, Simoni, Vinbola, Pires, Wetternich, Poppe I, Horácio, Mendonça, Cezar e Carvalho.

Já a última partida foi ano passado, no dia 04.03.2017. Placar de 2×2, gols de Roberson e Brenner. Mas a melhor parte mesmo, foi calar o chiqueiro. Jamais comparem! Entramos em campo com: Danilo Fernandes, William, Paulão, Ortiz, Uendel, Rodrigo Dourado, Charles, Carlinhos, D’Alessandro, Carlos e Brenner.

Não poderia faltar, é claro, a linda festa que a torcida colorada fez, calando os azuis da ARENA OAS.

Como o GreNAL é  um campeonato à parte, resolvi consultar amigos, alguns estudiosos da redonda e a minha memória para listar 7 clássicos INESQUECÍVEIS! Não foi fácil, mas vamos lá!

INAUGURAÇÃO DO CHIQUEIRO ORIGINAL:

No dia 26.09.1954, o INTER foi conhecer seu futuro salão de festas. Era um torneio de inauguração do Olímpico (Os azuis ganharam o primeiro jogo contra o Nacional-URU, por 2×0). Até que chegou o dia do colorado fazer um resultado histórico: IMPIEDOSOS E HUMILHANTES 2X6 no rival, com 4 gols do ídolo eterno LARRY.

GreNAL do SÉCULO:

12 de fevereiro de 1989. Beira-Rio. 78 mil pessoas. Clássico de número 297. Valendo vaga na final do Brasileirão. Valendo vaga na Libertadores do ano seguinte. Decisão após um 0x0 no Olímpico. Saímos perdendo, tivemos o lateral Casemiro expulso. Mas aí brilhou a estrela de NÍLSON, que jogou machucado, que marcou dois gols, aos 16 e 26 do segundo tempo. INTER NA FINAL DO BRASILEIRÃO, INTER NA LIBERTADORES! 

GreNAL dos 2×5:

O Inter chegou nesse GreNAL como campeão Gaúcho, encima do nosso maior rival enquanto eles eram campeões da Copa do Brasil. Esse clássico foi o de número 335, e foi realizado no dia 24.08.1997, pelo Brasileirão. O colorado calou, novamente, o chiqueiro, repleto de gremistas, aplicando uma linda, surpreendente e histórica goleada: 2×5. Gols de Christian, Sandoval, Marcelo e FABIANO (2). Um verdadeiro baile!

ÚLTIMA TAÇA ERGUIDA NO CHIQUEIRÃO:

Final do Gauchão de 2011. Os azuis nos superaram no Beira-Rio, por 2×3. O colorado chega no dia 15.05.2011 desacreditado no Chiqueiro. Saímos perdendo. Mas o COLORADO não se entrega nunca. BUSCAMOS A VIRADA, e acabamos repetindo o placar da ida. Nas penalidades, INTER CAMPEÃO!

 

E é claro que não poderia faltar este registro ÉPICO do FALCÃO encarando a torcida azul!

Resultado de imagem para falcao encarando torcida do gremio

 PRIMEIRO GreNAL NO NOVO BEIRA-RIO:

10.08.2014. Dia dos pais, e nada melhor QUE RECEBER OS NOSSOS FILHOS NA NOSSA CASA. Jogo válido pelo Brasileirão daquele ano, mas é marcado eternamente por ser o PRIMEIRO GreNAL do NOVO BEIRA-RIO. Deu a lógica. Gols de Aránguiz e Cláudio Winck!

PRIMEIRA VITÓRIA EM CLÁSSICOS NA ARENA OAS É COLORADA:

Final do Gauchão de 2014. Dia 30.03.2014, na Arena OAS. Primeira partida. Os azuis saem ganhando com gol de Barcos, mas o COLORADO vira, com 2 gols de Rafael Moura. Na volta, INTER 4 X 1.

ÚLTIMO GreNAL do Olímpico (Vulgo Chiqueirão da Azenha):

Dia 02.12.2012. Jogo válido pela última rodada do Brasileirão daquele ano. Mas o duelo ficará eternamente marcado por ser o último do Estádio Olímpico. E ficou no 0x0. Muita briga, expulsão de Muriel e nenhum gol.

NOS NÚMEROS, INTER e Grêmio já se enfrentaram 412 vezes. O curioso é que no histórico de hoje, temos 3 forças. O INTER, o EMPATE F.C. e um time do Humaitá. Passando a limpo, são 154 vitórias coloradas, 130 empates (SIM, até o empate está na frente deles) e 128 derrotas. 580 gols colorados, 542 dos azuis.

ESCALAÇÕES: 

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Dudu, William Klaus, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Edenílson, Nico López (Marcinho) , Andrés D’Alessandro e Patrick; Leandro Damião.

Grêmio: Marcelo Grohe; Mádson, Pedro Geromel, Kannemann e Cortez; Jaílson, Maicon, Ramiro, Luan, Éverton; Cícero.

Arbitragem: Jean Pierre Lima, com os assistentes Lúcio Beiersdorf Flor e Rafael da Silva Alves. O VAR (Vídeo árbitro), será comandado por Rafael Traci e Ivan Carlos Bohn.

INGRESSOS: Não tem mais. Setores livres, cadeiras locadas e assentos vip’s, estão esgotados.

De momento é só, nação colorada.

Hoje é guerra.

E não poderia faltar o tradicional…

 

SEMPRE LOUCO ATRÁS DO GOL, ACENDENDO UM DO BOM, EU VOOOOU, MATAR O PUTO TRICOLOR… E DEPOIS DE ME CHAPAR.. E A CERVEJA ACABAR, EU VOOOU, MATAR O PUTO TRICOLORRR…. VAMOOOOOOOOOOOO INTEEEEERRRRRRRRRRRRRRRRRR, HOJE TEMOS QUE VENCER… VAMOOOOO INTERRRRRR, HOJE TEMOS QUE VENCER… DALE DALE DALE OOO…

 

 

 

Author: Arthur

P7 manda

Share This Post On