Passem as férias em Fortaleza | BLOG VERMELHO : Sport Club Internacional

Passem as férias em Fortaleza

Se tem um lugar lindo no Brasil onde adquire muito público nas férias é em Fortaleza-CE.

“Está na lista de cenários esperados no Ceará: uma jangada ao mar, deslizando sobre águas verdes e com lindas falésias coloridas ou dunas de areia branca compondo o quadro. E o melhor é que, com mais de 570 quilômetros de litoral, o estado não regateia e entrega muito mais do que o visitante vem buscar. Além das praias e do sol, tem artesanato de qualidade, com redes, trançados de cipó e carnaúba e renda de bilro, resultado da mistura da cultura indígena com técnicas europeias trazidas pelos colonizadores. A religião, outro traço forte do povo cearense, abre caminho para o turismo no sertão.“ (Viagem e Turismo – ABRIL)

Eu não sei se é a pressão da mídia no Internacional que está fazendo com que o time estivesse garantido subir para a série A ou se as táticas do Guto não estão funcionando mas pra quem assistiu o jogo entre Internacional x Ceará no sábado viu um time APÁTICO.

Significado de Apático
adjetivo
Indiferente; que expressa apatia, insensibilidade, indiferença; que não é sensível a: manteve-se apático diante de seu sofrimento.
[Por Extensão] Desanimado; sem ânimo; ausência de energia: funcionário apático. (Via Dicionário Online)

Assim como suas praias e suas belezas naturais, o Ceará jogou bem, estava em quarto na tabela do campeonato mesmo tendo empatado com o Figueirense na rodada anterior em 2×2. Eles fizeram o que sabem fazer e um gol saiu.

Assim como Anselmo, Anderson e muitos outros desnecessários em 2016, Roberson  estava lá. É um jogador que eu não sei quem disse que sabe jogar futebol mas não vou colocar a culpa toda nas costas dele, ele deve estar querendo logo as férias e por isso o desânimo no futebol. Talvez o time inteiro devesse estar pensando em suas férias, não?! Porque desligados eles já estão!

Vi muitas pedradas no D’Alessandro onde a única coisa que ele pediu foi para não haver vaias. Continuamos líderes desta série B, não?! A mídia sensacionalista utiliza palavras como “dando a entender que o jogador brigou com a torcida” e muitos acreditam, o que é lamentável.

Sinceramente, eu concordo com o D’Alessandro, na minha humilde opinião: quer vaiar?! Fique em casa! Mas também entendo a torcida que está no Beira-Rio, os mais de 38 mil torcedores que vão apoiar, esperam ver um time com vontade de jogar, com sede e garra de futebol, com técnica. Nós torcedores criamos hashtags como #OPapaiTaVoltando #OInterNãoDorme. Nós acompanhamos a queda de um time apático, por favor INTER, entenda isso. Para todos foi um pesadelo, uma mancha na história e ver o colorado jogar sem vontade não tem explicação. O problema maior não está em tomar gol mas deixar de fazer. Pagar uma multa para um treinador vir de um clube da Série A e não ver nenhuma tática em campo é o que nos deixa triste. E como vamos demonstrar isso? Protestando! Infelizmente, a vaia é uma forma de protestar porque o futebol que o Inter deixou de mostrar ontem foi um desrespeito ao torcedor.

Author: Amanda Muller

Share This Post On