PRÉ-JOGO: INTER X São José | BLOG VERMELHO : Sport Club Internacional

PRÉ-JOGO: INTER X São José

Após MAIS uma partida melancólica, o INTER entra em campo contra o São José, que, por mais estúpido que seja, está na nossa frente na tabela e ainda conseguiu tirar os primeiros pontos do até então 100% Caxias. Depois de 2 jogos longe do Beira-Rio, voltamos à nossa casa precisando ganhar e finalmente mostrar alguma evolução, ao invés do que vem acontecido nesses primeiros jogos (aliás, isso acontece desde o início dessa década): um futebol previsível, lento, sonolento e sem qualquer tipo de reação pelos resultados patéticos que estão acontecendo. Chamem-me de louco, mas pode o Inter empatar com os reservas do Boavista? Não ganhar nenhuma de Brasil de Pelotas e Caxias que gastam no MÍNIMO umas 25 vezes menos que o INTER? Desculpem-me, mas como torcedor dum clube campeão de tudo, eu não aceito e sequer acho isso normal.

Mas vamos ao histórico: INTER e São José já se enfrentaram 93 vezes. Foram 68 vitórias, 22 empates e 3 derrotas. Marcamos 254 gols e sofremos 75. O primeiro confronto foi em 13 de Agosto de 1919, quando o Colorado aplicou 3×0 no Zequinha. Já a última partida foi no ano passado, no Estádio do Vale: Vitória por 1×2. Gols de Brenner e Roberson.

Das 3 vitórias do São José, a mais marcante e recente foi em 2010. O zequinha, então comandado por Argel Fucks, aplicou 3×0 no Colorado.

Os jogos mais importantes foram em 2016, quando Inter e São José se cruzaram na semifinal do Gauchão. Depois de igualdade no Beira-Rio, o Colorado foi ao Passo d’Areia e eliminou o Zequinha pelo ‘score’ minímo, com gol de Ernando.

E o confronto mais marcante entre as duas equipes aconteceu também em 2016, no dia 03 de fevereiro. Além da partida marcar a despedida de D’Alessandro (por empréstimo para o River Plate), também valia 3 pontos na tabela do Gauchão e a taça da Recopa Gaúcha. No fim, o Colorado, depois dum jogo sofrivél, conseguiu a taça nos pênaltis.

 

Sobre o adversário: O São José foi fundado em 24 de maio de 1913. O Zequinha é o caçula da capital, e manda seus jogos no Passo d’Areia, que tem capacidade estimada 13.000 espectadores que é conhecido pela sua grama sintética – aliás, foi o primeiro clube do país a apostar nesse tipo de gramado. Suas maiores conquistas são a Copa FGF de 2017,o título do interior de 2016 e a Super Copa Gaúcha de 2015. Uma das maiores personalidades que já passaram pelo clube foi Ênio Andrade, treinador campeão brasileiro invicto pelo Inter. Ele foi jogador do São José entre 1949-1950 e 1962. Atualmente, os destaques do elenco são: o goleiro Fabio, os zagueiros Wagner e Éverton Alemão, os meias Rafinha, Fred e Clayton, além do atacante Rafael Porcellis. A equipe é comandada por Rafael Jacques. O clube disputará a Série D.

As escalações:

INTER: Danilo Fernandes; Dudu, Klaus, Cuesta, Iago; Rodrigo Dourado, Edenílson, D’Alessandro, William Pottker, Patrick; Leandro Damião.

São José: Fábio; Marcel, Rafael Goiano, Téco e Dudu Mandai; Éverton Alemão, Felipe Guedes, Clayton e Rafinha; Mateus Totô e Rafael Porcellis.

Arbitragem: Jean Pierre Lima, com os assistentes André da Silva Bittencourt e Luiza Naujorks Reis.

A bola rola às 20h, no Estádio Beira Rio. Quem quiser conferir a partida de perto e for sócio, menor de 16 anos ou tiver carteira de estudante, paga meia entrada. Para os setores livres está R$ 40,00 e centrais R$ 80,00. O ingresso pode ser adquirido pela internet através do site do Inter ou nas bilheterias do Gigantinho. Já para quem optar por ver o jogo em casa, terá a transmissão do Premiere FC com os ilustres comentaristas Luiz Alano e Batista.

Por momento, é só, amigos. Vamo Inter!

Author: Arthur

P7 manda

Share This Post On