INTER x Galo | BLOG VERMELHO : Sport Club Internacional

INTER x Galo

O médico e o monstro
As vezes o Inter tem um jeito especial só dele de desanimar seus torcedores… Confesso estar um pouco desalentado com as atuações recentes do time fora de seus domínios, e o fato de não vencer uma partida fora de casa há 7 rodadas não é por acaso.

Já foi reclamado diversas e inúmeras vezes da postura de certa forma arrogante do time longe do BR, que faz um jogo preguiçoso, achando que pode decidir o jogo a qualquer momento, numa atitude desinteressada e não condizente com um time que esta brigando pelo topo e cujos pontos perdidos poderia dar fim a uma sequência de quase 40 anos sem o título nacional.

Como o Bruno disse em um dos seus posts, “…será que só a torcida quer o título?” Ao olhar a postura dentro do campo (e as entrevistas fora dele), parece que sim.

Aliás, falando em ótimos posts, o do Mauro nesta segunda-feira está espetacular, e quem não leu ainda, recomendo, uma vez que sintetiza de maneira magistral os problemas recorrentes e as lições que não são aprendidas e que continuam a prejudicar nossas pretensões.

Sobra agora confirmar o G4, no Beira-Rio, onde a equipe realmente tem apresentado bons resultados e um futebol condizente com sua posição na tabela.

Alias, o que acontece que justifique uma campanha invicta em seus domínios e atuações diametralmente opostas fora dos seus domínios? Parece sinceramente estarmos falando de 2 equipes diferentes, tamanha a mudança de postura e atitude.

O jogo, que já se anunciava complicado, tem um ingrediente extra de motivação para o lado mineiro, fruto das desastrosas entrevistas pós jogo, onde tanto Odair quanto Melo disseram que “… o Atlético-MG vai pagar o pato” (sobre ps pontos perdidos no RJ).

Esta entrevista repercutiu bastante em Minas, e setoristas dizem que está sendo usada como motivação no vestiário do Galo… Nessas horas sempre lembro da minha mãe que dizia que se você não tem nada de bom pra falar, que é melhor ficar calado.

O Galo vem desfalcado de Elias e Fábio Santos, e tem no setor ofensivo sua grande arma, com o 3º melhor ataque da competição, estando invicto há 3 jogos.

Pelo lado colorado, teremos a ausência de Moledo entre os titulares, além de Wellington Silva suspenso, Zeca e Pottker machucados (pelo futebol jogado, estes últimos não farão falta).

A vitória hoje, aliada a derrota do SP garante o G4 a duas rodadas do fim, mas trata-se de jogo perigoso e o apoio da torcida será fundamental.

Adicionalmente, os 3 pontos já permitiriam projetar 2019 de maneira mais intensiva, uma vez que o título por nossa única e exclusiva culpa infelizmente é uma realidade distante. Até o Paraná ajuda o Inter, mas o Inter não se ajuda.

Estes últimos jogos reforçam cada vez mais a necessidade de ampliar as opções no elenco com reforços pontuais para um ano próximo que se avizinha com 4 competições…

Posições que de certa forma pareciam preenchidas hoje mais parecem incógnitas, e aqui destaco o lado esquerdo, onde Patrick e Iago não tem justificado sua titularidade, para além da lateral direita, onde Zeca já se mostrou inconfiável, e certamente é preocupante em jogos de alta intensidade física como os da Libertadores ter um lateral defensivamente tão precário.

O jogo começa as 19:30 e a concentração será chave no confronto.

A expectativa é que o Inter das atuações do Beira-Rio reapareça, porque se o Inter das atuações fora do Gigante for o que entrar em campo, certamente teremos mais uma rodada de cabeça inchada e decepções latentes.

@Davi_Inter_BV

Author: Davi

Share This Post On