O caminho “mais fácil” | BLOG VERMELHO : Sport Club Internacional

O caminho “mais fácil”

Passados os dois jogos fora de casa, onde a projeção para manter-se na liderança era de 4 pts e foi conquistado apenas 1 pt, o Inter, domingo contra o Vitória, volta a jogar em seus domínios, onde tem a melhor campanha da competição.

Se 3 dos pontos projetados pelo caminho ficaram para trás, felizmente o São Paulo tropeçou em casa contra o América-MG, o que na prática significou que a distância para a liderança manteve-se num patamar aceitável (1 ponto), uma vez que a rodada projetava-se como potencialmente benéfica para o tricolor paulista.

Tal contexto deve ser relativizado uma vez que a baixa pontuação nas últimas rodadas significou a aproximação real de Flamengo e Grêmio, para além da ultrapassagem pelo Palmeiras: o seleto grupo de real postulantes ao título agora têm cinco integrantes.

A equipe que mais parece merecer o estigma de favorito ao título é a palmeirense, melhor campanha do 2º turno e invicta a 9 jogos, mesmo em inúmeros jogos tendo poupado importantes titulares (inclusive contra nós). O que pode oxalá pesar contra a equipe palestrina são as atenções divididas entre 3 competições, que eventualmente pode desgastar físico e mentalmente a equipe e cobrar seu preço nas rodadas decisivas.

Na contramão anda o São Paulo, com apenas uma vitória nos últimos 5 jogos e com apenas 10 pontos conquistados dos últimos 21; a equipe parece perder fôlego, num contexto onde jamais empolgou na competição.

No retrovisor ainda é digno de menção a boa campanha gremista, com a melhor defesa da competição (mesmo muitas rodadas tendo jogado com time misto ou reserva) e a retomada que o Flamengo sinaliza, este último uma equipe cujo desempenho tem oscilado muito, mas pela qualidade e diversidade do seu plantel não pode ser ignorada.

No curto prazo, as próximas 6 rodadas sinalizarão de forma mais clara quem de fato formará o “pelotão de elite” da competição e serão um festival de confrontos diretos, para o deleite do torcedor que anseia por jogos decisivos e de maior qualidade:

  • 28ª rodada: São Paulo x Palmeiras
  • 29ª rodada: Inter x São Paulo
  • 29ª rodada: Palmeiras x Grêmio
  • 31ª rodada: Flamengo x Palmeiras
  • 32ª rodada: São Paulo x Flamengo

Já no médio e longo prazo, de acordo com o levantamento feito pelo Footstats, considerando a pontuação corrente, o Inter é quem enfrenta os rivais “teoricamente” mais fáceis até o restante da competição:

O caminho colorado, especificamente, reserva apenas 2 confrontos contra o pelotão da frente, e vários jogos contra equipes do Z4. Adicionalmente reserva 7 jogos em casa dos 12 restantes:

E é ai que pode, paradoxalmente, residir o perigo.

O colorado noventista sabe que a definição de jogo “traiçoeiro” e perigoso para nosso amado time é aquele contra equipes em má fase, integrantes do z4, lanternas, em crise técnica, etc….

Então se a tabela reserva boas notícias, se a campanha em casa é digna de bons presságios e se não é hora de fazer terra arrasada, e sim de otimismo, nada mais interessa do que fazer a nossa parte e deixar esse estigma de “ressuscitar mortos” no passado… Para isso, derrotas contra Chapecoenses e América-MG não podem mais se repetir, sob pena do tetra ficar apenas no imaginário colorado.

O foco deve ser exclusivamente em vencer, independente da grandeza ou da circunstância do adversário, e não depender de ninguém a não ser mesmo…

Este sim é o caminho mais fácil.

@Davi_Inter_BV

Author: Davi

Share This Post On