Ponto Adiante | BLOG VERMELHO : Sport Club Internacional

Ponto Adiante

MUITO legal o seu Gentil ser garoto propaganda no site do Inter #Mestre

 

Sistema cartesiano é a parte que eu mais tive paixão em aprender. Para vocês entenderem como gosto e gostei de aprender essa parte da geometria, pra mim foi como, hoje, ver belas garotas de biquíni num dia ensolarado de praia e/ou piscina (Abaixo imagem meramente ilustrativa – o nome dela é Plano Cartesiano).

🍥

A post shared by Amanda Lee (@amandaeliselee) on

Só que eu lembrei que estávamos jogando a série B, lembrei que eles comemoraram…. Eles comemoraram!

Então passo agora a palavra para as memórias dos ensinamentos de minha amada mãe. Assim, minha mãe, quando eu chegava do colégio com o boletim trazendo boas notas, me ensinou o que dizer ao time do Inter por ter retornado a série A: não fez mais do que a obrigação!

Nesse caso, do INTER, eu ainda completaria que fizeram nada mais do que a obrigação e muito mal feito por sinal… Um time ordinário, sem identidade técnica, sem brio e que consegue jogar de igual para igual com colegas de trabalho que não tem 1/100 das condições de trabalho de que encontram na facção rubla das agremiações futebolísticas de Porto Alegre, muito menos (nem de perto) o salário.

O que sempre digo, como defensor do capitalismo, não reclamo que ganhem bem, me queixo é que os jogadores contratados ganham muito além do que valem esportivamente e financeiramente falando. Ninguém no time do Inter, repito, NIN-GUÉM vale o que está recebendo. Nenhum dos jogadores está recebendo o valor justo pelo trabalho entregue muito menos pelo que trazem de retorno ao clube. Muitos deveriam até pagar ao clube por ainda jogarem, se fossemos usar os preceitos de custo/retorno da economia (da escola austríaca, por favor).

Para entender melhor: sejam frutas, roupas, garotas, garotos (para as meninas que nos leem), seja o que for! Se tu tiveres um volume de qualquer coisa e desse volume de qualquer coisa apenas um número limitadíssimo de elementos forem atraentes, o restante, o “não tão atraente assim” se beneficia pois nosso cérebro nivela as avaliações criando uma média. Quem já trabalhou com gente chata sabe do que falo.

Então, continuando, vamos limitar a ideia: supomos que esse conjunto de coisas sejam maçãs. Assim, nesse conjunto de maçãs temos apenas 3 boas maças, o resto ou está machucada, ou está podre… o resto é resto, tem um defeito aqui outro ali. Supomos agora que queremos receber um valor absurdo para vender as maças e não temos bancas concorrentes. Imaginemos que nos foi delegado receber por uma maça podre R$ 20. Uma única maça podre vinte reais? Sim! Tem coisa pior nessa vida.

Mas como realizar essa tarefa tão inglória? Do jeito mais óbvio possível. Primeiro vamos delinear uma escala de ruindade com progressão no preço: as piores R$ 20, as levemente melhores R$ 50… e as boas? R$ 1.000! Mil reais uma mísera maçã boa? Claro! Afinal é uma maçã boa…

Viram como é Simples? Dessa maneira insólita o dinheiro dos torcedores vai sendo jogado pela janela. Mas, como diz o Louis, The Boss, é dinheiro de mentira pois sai do bolso dos palhaços, digo, nós os torcedores que apenas torcem… e pagam as contas! Não de quem toma as decisões.

D’Alessandro recebendo R$ 700 mil reais? Sasha ganha por mês mais do que a maioria dos leitores do BV ganham no ano pra fazer a mesma coisa que fazemos nas peladas com os amigos: número em campo. Fala sério! O único atacante do mundo que não sabe chutar em gol, quando chuta a bola ele não olha pra onde está o goleiro e tenta tirar. Nosso amigo Sasha olha pro chão como que para por força na perna, ou invocando uma força oculta, e cospe a bola pra frente sem veneno algum no chute. Damião perto do Sasha é um Van Basten.

É um time tão ordinário que não conseguiram ganhar o campeonato da série B que, teoricamente, a maioria das equipes não estariam em condições de enfrentar o INTER e seus quase 200 jogadores em um campeonato de pontos corridos. Mas, dada a capacidade de nosso time favorito mostrar que a teoria e a prática nem sempre apresentam o mesmo resultado, confesso que eu acreditava na probabilidade de ficarmos um ano a mais na segunda divisão, do que sair de lá campeão dada a instabilidade (e/ou caráter) da equipe.

Salário mensal de R$ 700 mil reais… isso é, provavelmente, mais do que ganhava o time campeão do mundo em 2006 somando o salário de todos que entraram em campo aquele dia: 15 aqui, 30 acolá… para o astro da companhia NO AUGE de sua forma física, técnica e emocional R$ 60 mil.

Espero que não usem nenhum argumento do manual das beatas para justificar o fracasso, como: o futebol evoluiu, os times estão mais equilibrados, os valores hoje são outros… Cara, fomos corneteados (e com justiça) pelo estagiário que gerencia as redes sociais do América Mineiro. Ninguém respeita mais a gente. Não deixam que ninguém lave sua mente: foi um fracasso! Comemorar o acesso ou até mesmo o título seria como o Lewis Hamilton comemorar ter sido campeão de Kart correndo contra crianças usando um carro de fórmula 1. Se esse carro de formula 1 não correu tudo que deveria, a gasolina estava batizada…

O time do INTER parece governo brasileiro, qualquer um, pois quanto mais dinheiro arrecada mais falta; Quanto maiores são as chances de resolver os problemas, mais tem problemas a resolver.

Eu sempre faço um mea culpa antes de criticar a direção e comissão técnica, pois, se já é complicado gerir um grupo de pessoas, imagina como é gerir um grupo de pessoas ricas, mimadas, com respaldo da imprensa, avalisadas pela torcida e, se não bastasse, contam com amigos influentes. Não deve ser das tarefas mais fáceis. Então, junte-se ao desconhecimento futebolístico da imprensa que pede só nomes conhecidos e já rodados, como quem fala de alguém que é pego várias vezes dirigindo alcolizado (técnico com mal desempenho, jogador com qualidade técnica e preparo físico questionáveis…) que agora vai vingar e vai ser diferente.

Felizmente, para nosso bem, foi jogada uma pá de cal cima da última ladainha “Pífiriana”: campeão de tudo. Que não descanse em paz e espere todos que quase destruíram o clube, junto com seus comparsas, de braços abertos no inferno.

Devolvam o time a quem possa trazer de volta aquele clube que todos respeitavam! #MenosBalcão #MaisFutebol

 

Facebook Comments
Cristian

Author: Cristian

Brasileiro! Não desiste nunca…

Share This Post On