La Baqueria de los Piñales | BLOG VERMELHO : Sport Club Internacional

La Baqueria de los Piñales

Vacaria – RS (Cartão Postal antigo)

Quem é vivo sempre aparece… É o que dizem!

Fiquei uns dias sem postar por conta de alguns problemas. Assim, vou me organizar para que minhas postagens voltem a ter certa regularidade. Mas, contudo, estejam atentos a duas coisas: a primeira é que não vou falar em campeonato até começar o Brasileirão. Esse é o único campeonato que realmente importa, afinal, a equipe foi tão incompetente que nem a série B conseguiram conquistar.

Ainda estou buscando resolver alguns problemas… Por isso, estou sem paciência, tempo e vontade para debater sempre as mesmas falhas de anos (ou já seriam décadas?). Mas, confesso novamente uma coisa que já havia conversado com vocês: não reclamo de não termos vencido a série B, não me queixo disso! Na verdade dou graças a Deus termos voltado a série A, pois, dentro do histórico recente de soberba colorada (nada a ver com o Inter das décadas de 40 e 70), sempre sofríamos para vencer times com menor poder econômico do que o nosso.

Voltamos e isso, por momento, me basta. Sem contar que não demoraria a aparecer algum louco pra levantar a bandeira de façanha ter voltado como campeão e outros para chamar de heróis um bando de atleta profissional sem gana sufiente de honrar o clube que defendem as cores e a história… antes que os malandros apareçam, não foi façanha foi, sim, obrigação e ter caído não foi injustiça, foi consequência de anos a fio repetindo os mesmos erros. Fim!

A segunda coisa é que nem por isso vou deixar de falar do INTER.

Isso posto, quero lhes contar uma historinha: um tempo atrás passei por Vacaria (RS), cidade localizada na região conhecida como Campos de Cima da Serra. Atualmente ela é muito conhecida pelo cultivo da maçã – praticamente 90% das maçãs consumidas no Brasil saem dessa cidade gaúcha. Antigamente era conhecida pela grande produção de gado, daí vem seu nome: Vacaria ou, melhor dizendo, La Baqueria de los Piñales – como chamavam a região os espanhóis ainda na época da colonização e de onde, depois, os bandeirantes vinha buscar gado para abastecer de carne o sudeste… ficou Vacaria.

Pois bem, acabei indo conhecer a fazenda do Socorro (AQUI e AQUI), um lugar que eu fiquei sabendo da existência quando coloquei no google “atrações turísticas Vacaria” e essa pesquisa resultou nesta página aqui. Interessante que um lugar até então desconhecido tem uma relação íntima com nós. A responsável por tornar a cidade referência na fruticultura foi a terceira família a passar pela propriedade, Notoriamente na figura de dona Lourdes Noronha.

Nota de jornal

Dona Lourdes tinha um irmão, conhecido como Abelardo. A fama dele foi de ter sido o primeiro playboy do Rio Grande do Sul. Gostava de festas, belas mulheres, boas bebidas, participava de corridas de carro e… gostava de futebol.

Como condenar o rapaz? Não julgueis…

Gostava tanto de futebol que vocês vão ver o nome dele no hall de ex-presidentes do Sport Club Internacional: Abelard Jacques Noronha (1943 e 1944 – mais AQUI e AQUI). Anos de Rolo Compressor! Gostava tanto de futebol que pôs a venda sua parte na Fazenda do Socorro. Mas o que isso tem a ver com gostar de futebol? Boa parte da receita da venda, que acabou efetivando para sua irmã, Lourdes, ele doou para ajudar no “esforço de guerra” que resultou na construção de um lugar chamado Estádio José Pinheiro Borda, Vulgo… Gigante da Beira-rio.

As vezes, por mais longe que seja uma estrada, aquele caminho tem mais a ver com nossa jornada do que pudemos supor…

 

 

(to be continued…)

 

Cristian

Author: Cristian

Brasileiro! Não desiste nunca...

Share This Post On