Idas e Vindas | BLOG VERMELHO : Sport Club Internacional

Idas e Vindas

Único grande momento da Nike no Inter

 

“Olha ele aí!” Alguns dirão… Verdade, ando mais sumido sumido que o bom futebol no time do INTER. Mas, ao contrário do clube, tenho meus motivos que se não amenizam, pelo menos justificam: o pai da minha namorada foi diagnosticado com câncer de pâncreas (na cabeça do pâncreas, dos mais letais) em 27/dezembro e veio a falecer na quarta-feira de cinzas; dia 02/março acabei hospitalizado; semana passada meu cachorro andava com uma pata perto da cova, mas o barquinho dele, que estava quase contornando o cabo da boa esperança, está voltando…

Digamos que não foram semanas muito amenas pra mim esses primeiros meses de 2018. Mas, SEGUE O JOGO!

Falando em segue o jogo, não sei se a maioria dos leitores do blog praticam algum esporte que tenha uma freqüência além da permitida pelo acaso. Se pratica, se fez testes de aptidão física, sague, etc. Se possui algum planejamento de treino e, por fim, se possui um acompanhamento profissional. Quando falo “pratica esporte” vai além da pelada ocasional ou da ida furtiva a academia pra acompanhar as duas categorias de praticantes: as que não precisam e as que não adiantam, conforme textos anteriores – meninas, pra vocês observar os que não precisam e os que não adianta também vale.

Quando falo “pratica esporte” eu tenho em mente correr, nadar e/ou pedalar com certa regularidade. Pois, como são atividades aeróbicas de grande impacto e que servem de fundo e complemento na melhora do desempenho para qualquer outra atividade física: artes marciais, basquete, futebol, sexo, etc… ajuda a exemplificar o que quero dizer.

Onde quero chegar é que ninguém sai do sedentarismo direto para correr uma maratona e, mesmo que faça uma caminhada de preparação, se ela não for adequada, vai trazer consequências, além de resultados sem consistência e abaixo do possível, em linhas gerais, NÃO existe mágica. Mas, parece que esquecem disso quando vão preparar um time. Acreditam que apenas trocando o nome de quem distribui as camisetas de quem joga e os coletes de quem fica no banco vai transformar um time que agoniza em protagonista. Isso é pior que amadorismo, é viver de superstição.

Fernandão, que dia 18/março completaria 40 anos, era um grande exemplo, que além do seu caráter inquestionável tinha um elevado grau de comprometimento para atingir os objetivos. Está registrado a preleção do mundial de clubes em 2006 que não nos deixa mentir. Se já faz falta alguém com a personalidade vencedora do FernanDeus imagina a presença dele.

 

Eterno Capitão Eterno

 

Além dessa falta clara de liderança no time, aparentemente, de uns tempos para cá, existe algo de tóxico no ambiente do clube. Mesmo jogadores que foram consagrados em passagens anteriores pelo clube se voltar adefender o clube, a maioria, não consegue uma nova trajetória equilibrada. Outro fato que colabora com isso é que jogadores que saem do Inter, quando em outro clube, conseguem jogar um futebol melhor do que apresentavam aqui. É certo que a experiência, assim como as vivências, fazem as pessoas mudarem o que eram. Mas, ao meu ver, existe algo que, no mínimo, deve ser análisado internamente no clube.

Enquanto isso, no Blog Vermelho, entendemos que contrario ao esporte (que com o passar do tempo as aptidões diminuem), o discernimento e poder de análise tendem a aumentar com o tempo. Nos direcionamentos e oportunidades que a vida leva e traz, podem nascer e se encerrar ciclos.

Felizmente, amanhã, teremos uma reestreia: amanhã é o retorno de um Colunista das antiga do BV! Um craque! Ele “joga fácil com a dez” e se precisar sustenta a braçadeira de capitão com autoridade. Era um colunista muito querido e respeitado, fazendo parte da equipe do BV desde seus primórdios. Ele havia parado de postar a alguns anos por conta dos rumos que a vida toma e quarta-feira teremos a volta de…

 

Cristian

Author: Cristian

Brasileiro! Não desiste nunca...

Share This Post On