Dois anos em um… 40 anos a mil! | BLOG VERMELHO : Sport Club Internacional

Dois anos em um… 40 anos a mil!

4.5
(23)

Pra mim a imagem do ano: 10 segundos no paraíso (é da tempodara passada? Esse probema não é meu!)

 

Já pensaram se o Carlos Drummond de Andrade fosse colorado?

Imagino que não, porque me vejo como um dos poucos capazes de maluquices desse gênero. Por outro lado, acredito que ele nos entenderia bem, pois, era vascaíno… pobre Drummond!

“E agora, José?”
A cerveja esquentou,
a temporada terminou,
a televisão silenciou…
“e agora, José?
e agora, josé?
você que é sem nome,
que zomba dos outros,”
arerê, arerê…
“você que faz versos,”
títulos não vê,
salários em dia,
a mais de 40 anos
essa imensa agonia…
título roubado,
ano encerrado…
e agora, José?

Seria mais ou menos assim!

Apesar de acreditar que as tramas internas dos clubes e suas ligas estão mais próximas das histórias narradas pelo Nelson Rodrigues (torcedor do fluminense), do que do lirismo de qualquer verso. “A vida como ela é” seria o futebol em essência, uma vez que o mundo da bola está mais ao lado de uma realidade tragicômica do que do lirismo.

De qualquer forma eu pergunto: e agora, José? João? Todo mundo! E agora?

Estamos sem treinador, o que não sabemos ainda se podemos resumir como problema ou solução. Temos bons jogadores no elenco por um lado, mas, por outro, estão desgastados pela falta de títulos e a relação emocional com a torcida não está em seu melhor momento anímico. “Ano passado” (entre aspas porque foi nesse ano) perdemos o título porque na reta final foi uma imitação do que seriam as ultimas rodadas do brasileirão 2021. Se colocarmos lado a lado as campanhas 2020-21 e 2021 no campeonato brasileiro temos pitadas de Nelson Rodrigues aos borbotões!

Honestamente, eu não fiquei triste em não ir a Libertadores. Sabe aquele adolescente que tem uma paquera e fica sendo jogado de um lado a outro, entre idas e vindas, sem conseguir ter sucesso em suas investidas amorosas? Sucesso para um adolescente é avançar dos beijos para corpos nus. Para um clube de futebol é conquistar títulos! Nos dois casos se aplica o que disse o Luxemburgo quanto a atitude de um desportista vencedor: “tem de ter a pica olhando pro céu”.  Ir a um campeonato pra fazer figuração não faz nenhum sentido para uma equipe do tamanho do INTER. Se for pra cumprir tabela em um campeonato que exige muito em investimento, logística e esforços… é melhor não ir.

Premiação por premiação a da Copa do Brasil paga tanto quanto o da Libertadores. O Campeonato Brasileiro não ganhamos a impronunciáveis quatro décadas!

Frente a isso tudo, se a direção for esperta, aproveitará esse revés para compor um grupo competitivo capaz de entrar para vencer os campeonatos domésticos. Realizar todo o planejamento voltado a fazer história!

Quanto ao Gauchão? Sulamericana? Não me torrem o saco! Gauchão nos moldes em que é jogado não tem muito mérito, uma vez que prejudica as equipes menores e não ajuda aos maiores. Já a Copa Sulamericana poderiamos ter deixado para o São Paulo em retribuição a terem vencido o Flamengo na ultima rodada do Brasileirão 2020/21, uma vez que os US$ 4 milhões em premio que ela paga ao campeão serão superados (em muito) apenas com a renda de público em jogos no estádio com a volta da torcida. Se o time for preparado pra jogar a valer Copa do Brasil e Brasileirão… quem vai ser o louco que não vai querer ir assitir? Todo mundo que tem possibilidade está sedento em ver o time jogar! Veja bem, eu disse J-O-G-A-R, e não a um desfile de 90 minutos competindo pra ver quem corre menos.

Assim, chegam certos momentos na vida em que precisamos avaliar o que é viável do que é inviável. Separar aquilo que é promissor daquilo que é desperdício de tempo, recursos e vida. Chega de enganação! Nesse ano de 2022 o clube deve estar focado em reestabelecer o domínio Nacional. Está mais difícil com times que parecem ter impressoras de dinheiro na tesouraria? Está! Mas esse problema não é meu! Se precisarem de ajuda basta me chamar, mando curriculum imediatamente. Se não quiserem me chamar, basta lembrar que na mesma cidade tem clube que investiu quase R$ 400 milhões no ano de 2021 para ser rebaixado pra série B. Ou seja, o segredo do negócio sempre foi inteligência e vontade de vencer.

Fique quem tem vontade! Tragam quem tem vontade! O resto a gente leva no grito!

 

How useful was this post?

Click on a star to rate it!

As you found this post useful...

Follow us on social media!

Author: Cristian

Brasileiro! Não desiste nunca...

Share This Post On