Vai rolar a bola | BLOG VERMELHO : Sport Club Internacional

Vai rolar a bola

Após mais de um mês sem poder falar do futebol do Internacional, estrito senso, a partir de domingo voltaremos a ter assunto para discorrer, qual seja, o desempenho do time dentro de campo. Algumas caras novas, alguns garotos da base e a dita espinha dorsal que restou da última temporada.

Mas o que podemos esperar do Inter, afinal?

Convenhamos que é difícil traçar uma perspectiva enquanto estivermos jogando apenas gauchão, eis que os times do interior (salvo raras exceções) não dispõe de recurso para fazer frente. Depois, conforme já anunciado pelo treinador, é tendência que os quatro primeiros jogos sejam disputados com formações diferentes, para “rodar o elenco”, razão pela qual não podemos nos desesperar com uma má jornada, tampouco criar falsa esperança com um relativo sucesso.

Conforme vem sendo ventilado, começamos em Ijuí com a seguinte formação: Daniel; Zeca, Roberto, Emerson Santos e Iago; Lindoso, Rithely, Sarrafiore, Juan Alano e Guilherme Parede; Pedro Lucas. A linha de defesa trás um goleiro que parece promissor e, hoje, o reserva imediato. Os laterais são os titulares a princípio, e os zagueiros também os reservas imediatos, a medida que Roberto parece ter tomado a vaga de Klaus no banco.

Do meio para frente é quase tudo novidade, não fosse por Juan Alano que já fora titular em outras oportunidades, para logo depois ser esquecido até ser lembrado novamente. É o que eu chamo de convicção! Os demais chegaram agora, casos de Lindoso, Parede e Rithely (antes era turismo em Porto Alegre), ou vieram da base Pedro Lucas e Sarrafiore (ainda que tenha entrado no último jogo do brasileirão, agora é que – de fato, são elas). Chama a atenção o fato de Jonathan Alvez ter sido preterido pelo jovem Pedro Lucas que, embora venha com bagagem de gols da base, nunca sequer ficou de suplente num jogo dos profissionais.

O esquema tático, aparentemente, parece o que foi usado na maior parte do tempo da temporada passada. Ao menos no começo. E espero sinceramente que sejam aproveitados estes jogos do (nada) “charmoso” gauchão para que sejam realizados testes de variação de jogo, antes da partida começar e também dentro dela, para não parecer um filme repetido de 2018 logo ali adiante.

Mas não sei se veremos isso, sinceramente.

Óbvio que todo mundo fala na presença de Martin Sarrafiore em campo, mas eu também estou interessando nos desempenhos dos laterais, do zagueiro Roberto, dos volantes e de Juan Alano que já mostrou alguns lampejos e precisa confirmar duma vez. Ou seguir em frente. Ao centroavante Pedro Lucas eu desejo muita sorte. Tomara que empilhe gols e coloque os gringos no banco. É sua única chance.

O primeiro jogo em casa será na próxima quinta-feira, o que deve marcar minha volta ao tradicional dia. Mas antes disso é provável que ainda tenha muito assunto a ser tratado por aqui.

Enfim, volta rolar a bola.

Avatar

Author: Bruno Costa

Share This Post On