Só a torcida quer? | BLOG VERMELHO : Sport Club Internacional

Só a torcida quer?

Inegavelmente, com o passar dos jogos no campeonato brasileiro e as vitórias que vieram se acumulando, a torcida Colorada passou de um descrédito para com o time ao sonho do tetra campeonato, inclusive, por parte deste que vos escreve. Só que as últimas duas rodadas, principalmente a anterior, ainda, começou-se a fomentar uma dúvida latente, ao menos, na minha mente: a torcida quer ver o Inter campeão, mas e os jogadores, querem? A direção do Clube quer colocar mais uma taça no museu?

Dia de jogo do Inter não tem outro assunto na minha família e a certa altura do domingo, ainda com bola rolando, meu primo Maicon sugeriu que somente a torcida é que sonha com o título, que os jogadores crêem que já foram longe demais, fizeram sua parte. Na hora, sem pestanejar, concordei. Passados alguns dias, embora um pouco mais reticente, ainda mantenho uma posição inclinada neste sentido.

Afinal, só a torcida quer o título?

Na semana passada o jogador Pottker (que eu já defendi aqui como um jogador tático, mas que admito que está jogando muito pouco) referiu que para eles jogadores era uma “surpresa” até onde o time já tinha chego, o que vem de encontro a idéia de que eles acreditam que já fizeram mais do que precisavam. Ontem, porém, o centroavante Leandro Damião já apresentou um discurso mais favorável à idéia de que o título é, sim, uma vontade do grupo de jogadores. Enfim, não sei. Só sei que o Pottker precisa começar a jogar futebol e o Damião passar a fazer gol. Reitero minha promessa de assistir a todo o Fantástico caso o centroavante Colorado tenha o direito de pedir música.

Em paralelo, ademais, temos a nossa diretoria que, independente do que vai acontecer ao cabo da última rodada, no início de dezembro, parece-me já ter consolidada uma reeleição natural, já que há muito não temos uma oposição astuta pelas bandas do Beira Rio. Dentre essa realidade, será que a diretoria quer o título? De início, ao menos por enquanto (ainda que o “porta voz oficial” já venha tentando conduzir o pensamento do torcedor que já ultrapassamos nossa meta inicial) ninguém veio com um discurso de perdedor, entregando os pontos. O diretor Rodrigo Caetano, inclusive, deu uma declaração a uma rádio da Capital, que nos faz ter um pouco de esperança no futuro:

“Queremos ganhar o Brasileirão, que faz tempo que o Inter não ganha”

É claro que pode ser somente um discurso externo para que não haja uma desmobilização por parte da torcida e até mesmo do time, mas o certo é que eu prefiro não acreditar nisso. Do contrário, teria de repensar, em definitivo, minha relação de torcedor do Internacional, a julgar tudo que já deixei de lado por esta paixão. Filio-me a isso, outrossim, pois o discurso do Caetano mostra coerência com aquilo que lhe foi dito quando da sua chegada. Assim, quero acreditar que a direção do Clube quer sim vencer o campeonato brasileiro.

Mas é preciso jogar mais. É preciso se dedicar mais. É preciso, quando se achar que tudo já foi feito, fazer mais um pouco. Só assim será.

Author: Bruno Costa

Share This Post On