Agosto 5 (11)
Jun26

Agosto 5 (11)

Historicamente tive um problema com o mês de agosto; não só eu, afinal, a pecha de “mês do desgosto” não deve ter sido prescrita de maneira aleatória. Mas, e muitos deles temos em nossa existência, a vida com o passar do tempo conferiu a agosto um mês especial para mim: nele me formei bacharel em Direito, me casei e, o principal e melhor de tudo, nasceu o meu amado filho Bernardo, Colorado por certo. E com isso o mês de agosto que...

Read More
Sonho meu 4.4 (11)
Jun18

Sonho meu 4.4 (11)

Resolvi me repisar e manter a discussão em torno do tema, eis que neste momento qualquer outro assunto, que não a ideia de retomada do futebol de uma maneira ou de outra, não haverá de trazer muito conforto a ninguém, mesmo. Acabo parecendo o louco que acho que tem que arriscar (vidas, inclusive) e voltar, pensando no futuro preocupante que nos espera pela frente. A Direção, baseada nisso, deve ser ainda mais louca do que eu… Só...

Read More
Volta é fundamental(?) 4.3 (12)
Jun13

Volta é fundamental(?) 4.3 (12)

Aleatoriamente, vi ontem em uma rede social uma manifestação de um dirigente do nosso maior rival, incrédulo com a volta do futebol brasileiro e sul-americano ainda em 2020, a talvez exceção do campeonato gaúcho. Acaso, seja um mero desalento de quem vivencia o dia a dia de um clube de futebol e já está desiludido com o marasmo dos mais de oitenta dias últimos. Ora, convenhamos, a nossa vida como um todo – ao menos para a grande...

Read More
Injustificado 5 (8)
May28

Injustificado 5 (8)

Uma pesquisa básica num dicionário revela que renovar significa: “fazer ficar ou ficar outra vez como novo; alterar(-se) para melhor; substituir por mais novo”. Tal apontamento se mostra pertinente a medida que o Sport Club Internacional anunciou nesta semana o começo daquilo que deve ser uma série de renovações de contrato daqueles atletas (ou quase) que teriam seus vínculos encerrados ao término deste ano; diria temporada, mas já...

Read More
Recordar é viver 5 (15)
May21

Recordar é viver 5 (15)

Lá no BLOG DO CAMPEIRO, onde escrevo sobre música gaúcha e tradicionalismo há mais de uma década, todo mundo sabe que sou um nostálgico por essência. Gosto de coisas antigas e muito de parte da história que eu nem vivi para ver. Gostaria, por exemplo, de já ter nascido para ver o grande Sport Club Internacional da década de 1970. E se recordar é viver, tal qual sugere o ditado popular (se não é um deveria ser!), lembrei-me duma data...

Read More