PRÉ-JOGO: Boavista X INTER | BLOG VERMELHO : Sport Club Internacional

PRÉ-JOGO: Boavista X INTER

Hoje o colorado inicia sua caminhada na Copa do Brasil de 2018. E não deixa de ser tentadora essa copa: o campeão, pode receber ao total incríveis 68,7 milhões. E o INTER começa logo na primeira fase, até porque não disputa Libertadores e sequer conseguiu ser campeão da sofrível SÉRIE B. Afinal, uma das vagas nas oitavas de final está reservada ao campeão da segundona. Neste ano, esse vaga fica para o América Mineiro.

Historicamente, parece que o Inter gosta de desprezar essa competição. Não por nada, o maior rival tem 5 títulos e se exalta por ser o maior campeão da Copa ao lado do Cruzeiro. Quem não lembra das ultimas “cagadas”? A eliminação patética para o Ceará em 2014, o Inter reserva na SEMIFINAL em 2016… está na hora de mudar essa maldita escrita. Logicamente o colorado não é favorito, mas dando o real valor à Copa do Brasil, podemos pensar em algo grande. Nosso grupo parece ser outro em partidas contra adversários de maior expressão, o Beira-Rio quando precisa é SIM um GRANDE DIFERENCIAL, e além disso tem essa enorme recompensação financeira.

Como Inter e Boavista nunca se enfrentaram, apenas na Copinha desse ano (o Inter ganhou por 2×0), não temos histórico para hoje. Então, como é a primeira partida, vou relembrar alguns fatos do Inter na Copa.

O Inter tem apenas um título, em 1992, conquistado nos famigerados e sofríveis anos 90. A erguida de taça foi numa decisão pra lá de emblemática contra o Fluminense. Gol de Célio Silva, de pênalti, garantindo o 1×0 para o colorado. Até hoje, o pênalti que originou o gol levanta polêmica. Naquela mesma Copa, a maior goleada foi do próprio colorado. 5×0 no Muniz Freire no Gigante. Além disso, o caminho até a decisão foi extremamente complicado. Teve a goleada de 4×0 inesquecível sobre o Corinthians, Gre-Nal nas quartas, e o Palmeiras na semi. O artilheiro da competição foi o “nego” Gérson. Esse título acabou representando a única glória colorada numa década que até hoje é lembrada por constantes fracassos, briga contra rebaixamento e títulos expressivos do rival.

A primeira partida do Inter na competição foi em 1989, quando o colorado empatou em 0x0 com o CSA no Gigante. Na partida seguinte, conseguimos a classificação fazendo 0x2 nos domínios rivais. E a última partida foi extremamente dolorosa pros colorados. Inter 2×1 Palmeiras. Isso, depois duma derrota pelo “score” mínimo em SP. Talvez, foi a última vez que vimos um Inter em campo que condizia com seu TAMANHO.

No total, o INTER fez 131 jogos na Copa. Ganhou 64, empatou 35 e perdeu 32. Marcou 228 gols e sofreu 120. A maior goleada foi aplicada sobre o Jí-Paraná, no Gigante, 9×1. Já a pior derrota foi a inesquecível goleada aplicada pelo Juventude em pleno BEIRA-RIO: 0x4.

Um pouco sobre o adversário: O Boavista foi fundado em 1961 e refundado em 2004. É da cidade de Saquarema e manda seus jogos no estádio Elcyr Resende de Mendonça, que tem capacidade para 7.000 espectadores. Seus maiores títulos são: a Taça Rio de 2014 e a Copa Rio de 2017. Neste ano, já enfrentou duas equipes de Série A: fez 3×1 em casa no Fluminense (com time alternativo) e perdeu fora para o Botafogo, por 1×0, gol do ex-colorado Brenner. O time é comandado por Eduardo Allax e seus principais jogadores são: o lateral Julio César, os meias Erick Luís, Fellype Gabriel e Tartá, e o centroavante Leandrão.

As escalações:

INTER: Danilo Fernandes, Cláudio Winck, Klaus, Cuesta, Iago, Dourado, Edenílson, Pottker, D’Ale, Camilo e Leandro Damião.

Boavista: Gabriel, Cassimiro, Elivelton, Anderson, Jean, Marquinho, Lucas, Fellype Gabriel, Léo Pimenta, Caio e Felipe Augusto.

Arbitragem: Leandro Bizzio Marinho apita, auxiliado por Daniel Paulo Ziolli e Daniel Luís Marques.

O jogo será em Cascavel, no estádio Olímpico Regional, em função da venda de mando de campo do Boavista. A previsão é de 10 à 15 mil colorados. O jogo começa às 19h30.

VAMO VAMO INTER!!!!!!!

Author: Arthur

P7 manda

Share This Post On