MARASMO | BLOG VERMELHO : Sport Club Internacional

MARASMO

 

A definição de marasmo é atrofia progressiva dos órgãos e magreza excessiva que se sucedem a uma longa enfermidade.

Marasmo me veio à cabeça nesse momento em que uma longa enfermidade deixa o Inter nesse estado de inanição.

Cumpro a promessa de não tratar do time de uma forma direta (ex: o treinador isso, o lateral direito aquilo, o meio, o atacante, o goleiro) e parto para o genérico holístico: concreto e abstrato.

E aqui está o grande desafio: o marasmo não oferece assuntos genéricos. Isso por um lado e por outro, não consigo trabalhar. Minha gata deitou-se ao sol sobre o computador e acabou a festa.

Só me resta Mário Quintana. Dele: “O poema”.

“Uma formiguinha atravessa, em diagonal, a página ainda em branco. Mas ele, aquela noite, não escreveu nada. Para quê? Se por ali já havia passado o frêmito e o mistério da vida…” Sapato Florido, 1948.

E para encerrar: amanhã tem Gre-Nal. Nunca entendi essa construção: porque o Gre na frente? É como o globo terrestre cuja representação nos mostra no hemisfério sul, na parte de baixo, sob os pés dos EEUU, da Europa e tudo que está no hemisfério norte.

Quem disse que um está acima e outro abaixo? Uma pequena bola girando em um espaço imenso tem em cima ou em baixo? Isso é convenção dos dominadores e – ufa! – volto ao Gre-Nal.

Quem construiu a conjunção era gremista certamente e por isso o Gre na frente. A minha seria assim: Intermio (Inter – nacional + Gre – mio).

E agora, para encerrar mesmo: fico feliz que esse post tenha vida breve pois logo logo haverá o post do Jogo. E a vergonha por ter cometido essas bem traçadas linhas sem qualquer conteúdo – a vergonha é a herança maior que meu pai me deixou, como dizia Lupicinio –  se dissipará sob o torvelinho que é a Internet, onde tudo começa, vive e tem fim em uma fração de segundo.

E encerrando de verdade, deixo aqui música de um gremista doente mas, como ninguém é perfeito, esse não tem como não se admirar.

Author: Airton Kwitko

Share This Post On