Archives | BLOG VERMELHO : Sport Club Internacional
Quem tem medo de ganhar…
Apr19

Quem tem medo de ganhar…

… perde! Faço questão de escrever após o jogo, e publicar, para que não deixe passar a raiva e que a esperança não me embriague a ponto de tentar ser otimista na manhã do dia seguinte. Pois, nem mesmo o maior dos otimistas, que é o que venho sendo por aqui, detém aquele patético sangue de barata que parece correr nas veias de alguns dentro do Sport Club Internacional. Ou seriam todos? Não, Odair Hellmann não serve para treinar o...

Read More
Ocho Ocho
Apr17

Ocho Ocho

  Clássico! Comecei a escrever esse post numa folha solta de papel e com um lápis na mão… Sempre achei que escrevia assim, digo, prefiro escrever dessa forma por medo de errar… Na verdade achar isso é o erro! Primeiro, porque eu nunca apago nada escrito a lápis. Segundo, gosto de escrever assim por causa da sensação tátil do lápis rasgando o papel, o som das letras se formando e porque foi assim que aprendi a...

Read More
CONFIANÇA
Apr16

CONFIANÇA

Seguindo Kikito e seu texto sobre relacionamentos, falo de confiança. Elvis cantava “we can’t go on together with suspicious mind”, se tirarmos o “together” vale pro futebol. Esportes têm muito a ver com confiança e faz muito tempo que o Inter não tem confiança, nem da torcida, nem dos jogadores. Falo por mim, ontem, no Beira-Rio, aos 30 do segundo tempo, com 2×0 no placar, contra um time que só ameaçava por...

Read More
VALE A PENA?
Apr14

VALE A PENA?

  Você namora uma gatinha que não é lá muito linda, mas é gentil, amável. Sorridente, gosta até de seu cachorro; uma lady na rua e uma putinha na cama. Aí você casa com ela.  Filhos chegam, ela começa a engordar e a reclamar de tudo; nada acontece de repente e você não nota diferenças. “Tensão pré, trans e pós menstrual” você pensa.  E ela segue engordando, perde a graça na vida e a vida é uma desgraça; cada vez mais sem atenção...

Read More
Digam que sou louco!
Apr12

Digam que sou louco!

Ontem, ainda enquanto assistia aquela patética atuação do Sport Club Internacional diante do time reserva do poderoso Vitória da Bahia, já pensava na idéia principal para este post de hoje, qual seja, o de exigir a cabeça do treinador. Impressionante que após mais de vinte dias treinando e fazendo jogo treino contra time amador, não melhoramos a condição física (ou faltava ritmo de jogo?), não transformamos onze jogadores em um time e...

Read More